Blog lésbico - Lez Femme, Portal de notícias do mundo lésbico em Fortaleza, Ceará. Notícias GLS do brasil

Lésbicas: 10 escritoras brasileiras

 

A Editora Malagueta, em comemoração a seu aniversário de dois anos, vai reunir nada menos do que 10 autoras de literatura lésbica de diversas idades, publicadas por diferentes editoras, para falar de seus livros e da razão pela qual escrevem.

Promete ser muito divertido e uma comemoração digna para a véspera do Dia da Visibilidade Lésbica! Anote aí: 28 de agosto, sábado, na Livraria da Vila da alameda Lorena, 1731, São Paulo a partir das 17h30.

(Se você notou que são nove fotos apenas, é porque não temos imagem da Bertha Solares, mas ela garantiu que lá estará.)

Veja a deliciosa variedade de mulheres inteligentes (em ordem alfabética) que comporá o fórum sobre as possibilidades de nossa literatura:

Adriana Agostini
nasceu em Juiz de Fora e vive em Belo Horizonte desde 1992. Iniciou sua carreira na Rede Globo Juiz de Fora, como coordenadora de produção comercial, e atuou como repórter da área econômica dos principais jornais de Minas. Graduada em Comunicação Social e em Direito, é Mestre em Comunicação Social pela UFMG. Na área acadêmica, dedica-se a pesquisar temas relativos à lesbianidade e séries de TV. É autora de Lésbicas na TV – The L Word, breve lançamento pela Editora Malagueta.

Bertha Solares
persona pública de Maria Bueno Bastos, historiadora e escritora, por isso sempre e por gosto uma viajante no tempo e nas palavras. Publicou dois livros pela Editora Brasiliense: Um ano, dois verões (2001) e Dores, amores e pincéis (2002). Numa produção independente do Clube dos Autores: Cidades e destinos (2010). Vive atualmente à beira mar.

Drikka Silva
jovem autora lésbica com contos da internet, Drikka está entre as favoritas do site Livre Arbítrio, onde tem quatro contos, tendo também postado no Xana in Box. É autora de Glamour, livro no prelo pela Editora Malagueta.

Karina Dias
nascida no Rio de Janeiro em 1979, reside atualmente em São Paulo, onde cursa Jornalismo na Universidade São Judas Tadeu. É autora de dez romances e um conto de temática lésbica postados na internet, entre os quais De repente é amor, Simplesmente irresistível, Quando o amor acontece. Já foi votada a autora mais interessante do site Xana in Box e é muito, muito popular nos sites de literatura lésbica. Aquele dia junto ao mar é seu primeiro romance publicado em forma de livro pela Editora Malagueta em 2009 e um dos grandes favoritos das leitoras.

Lúcia Facco
carioca, graduada em Letras (Português-Francês), especialista e mestre em Literatura Brasileira, doutora em Literatura Comparada pela UERJ, crítica literária e escritora. Durante todo o seu trajeto como pesquisadora, vem buscando compreender as manifestações do homoerotismo na literatura. É autora de As guardiãs da magia, publicado pela Editora Malagueta em 2008; Era uma vez um casal diferente, sua tese de doutorado sobre homofobia na literatura infantil, publicada pela Summus em 2009; As heroínas saem do armário: literatura lésbica contemporânea, publicado em 2004 pelas Edições GLS, ganhador do Prêmio Arco-Íris de Direitos Humanos na categoria Cultura-Literatura; e Lado B: histórias de mulheres, livro de contos publicado em 2006 pelas Edições GLS.

Mariana Cortez
conhecida por seus contos publicados em sites de literatura lésbica, e editora formada em Letras e especialista em Língua Portuguesa. Participou da coletânea de contos Elas contam e, atualmente, escreve para o portal Livre Arbítrio, tendo um original no prelo também pela Editora Malagueta.

Naomi Conte
gaúcha transplantada para o Rio de Janeiro, Naomi é formada em Matemática e mantém o blog Contos Interditos. É autora de A livraria da esquina, livro de contos publicado pelas Edições GLS em 2007.

Stella Ferraz
paulistana formada em Letras, trabalha há muitos anos com comunicação e marketing. É autora de três obras de temática lésbica publicadas pela Editora Brasiliense: Preciso te ver, Pássaro rebelde e A vila das meninas.

Valéria Melki Busin
lésbica assumidíssima, envolvida em ações de visibilidade e respeito pela diversidade há muitos anos, é psicóloga e atualmente trabalha na organização Católicas pelo Direito de Decidir. É autora de dois livros muito queridos pelas leitoras, publicados pelas Edições GLS: O último dia do outono e Lua de prata.

E quem prometeu dar também uma palhinha no evento foi a poeta e dramaturga Renata Pallottini, autora de importantes trabalhos para teatro e televisão, entre os quais Vila Sésamo, Malu Mulher e Joana. Publicou vários livros de poesia, prosa, teatro e ensaios, tendo recebido diversos prêmios por seus trabalhos. Foi professora da Escola de Comunicações e Artes (ECA) e da Escola de Arte Dramática (EAD) da Universidade de São Paulo, além de ministrar cursos de dramaturgia no Brasil e no exterior. Desde 1988 faz parte do corpo docente da Escuela Internacional de Cine y Television de San Antonio de los Baños, em Cuba. Coordenou e participou da Anthologie de la poésie brésilienne, publicada em Paris, em 1998, e que reuniu quatro séculos de literatura brasileira. No mesmo ano, integrou o júri do Prêmio “Casa de las Américas”, em Cuba.

Aguardamos você!

Lésbicas: 10 escritoras brasileiras
28 de agosto, sábado, a partir das 17h30
Livraria da Vila loja da Lorena
Alameda Lorena, 1731, Jardins,
São Paulo, SP, fone (11) 3062-1063

@Com informações da Editora Malagueta

 

11 Comentários

  1. Fabia Karinna

    Já lí alguns contos da Karina Dias e Mariana Cortez e posso dizer que são contos maravilhosos! Vale a pena!!!

  2. Ocasião imperdível!
    Sem dúvida, eu e minha namorada estaremos lá!

  3. admin

    Legal, Marih, pena que o Lez Femme não estará presente. Não descartamos a possibilidade num futuro breve. Abraço!

  4. Marcia

    Eu acho o máximo vocês publicarem livros com temática para nós, pois infelizmente existem poucos que tem a coragem de manifestar nossos sentimentos, desejos e anseios.
    Parabéns garotas!!!!!!

  5. Karina

    Amo ler livros, e principalmente contos lesbicos.
    ja li o livro que é citado: Lua de prata: quando o amor acontece entre mulheres. muito bom, recomendo.

  6. Noemia

    adorei essas autoras, e sou incrivelmente apaixonada pelos livros de karina Dias. 
    eru queria muito participar de um dos encontros das brejeiras, será que alguém poderia me dizer quando vai ser o próximo e onde ? 
    serei muito agradecida se alguém me ajudar.  :-)

  7. Reza

    Gostaria que publicasse os textos lésbicos.

  8. lenny

    Olá,tenho livros de Karina Dias e acompanho muitos contos,estórias e traduções de Drikka,Diedra Ruiz,Del Torres,Bidy  e afins pela web,estou sempre acompanhando algo e assim dando força para as nossas escritoras continuarem,afinal sem incentivo ninguém se basta;todas as estórias e fics  que li valeram a pena e recomendo.Dentre todas há uma em específico no qual dou certeza da sua qualidade é Tudo muda Tudo passa de Raydon Donavan:dou muito crédito as escritoras brasileiras pelo seu talento,mas essa é es-pe-ta-cu-lar!!!

  9. anaclarafernandez

    amooooooooooo karina dias e seus contos

  10. anaclarafernandez

    amooooooooooo karina dias e seus contos, e todos os contos lesbicos.

  11. Gloria

    Ola ! 

    Sou tradutora portugues frances e existe pouca littérature de lingua portuguesa en França.
    Se precisarem de un tradutora podem contactar me a traves do meu email ! 

    gloria.moraismendes@gmail.com

    Gloria Mendès 

Deixe uma resposta

OCTO DBA - Criação de Sites Fortaleza - Ceará